Terapia Online

BURNOUT: SINTOMAS, PREVENÇÃO E TRATAMENTO – ORIENTAÇÕES DE UMA PSICÓLOGA ONLINE.

burnout-sintomas-prenvencao-e-tratamento-videoterapia

 

Você sabe o que é burnout?

Por acaso você alguma vez já se sentiu “sugado” ou “esgotado” daquilo que está fazendo? Ah, pois aí está, podemos então começar a falar aqui da definição desta “coisinha” com nome estranho chamada burnout.

Sabemos que o trabalho além de constituir uma fonte de renda, é também importante para a autoestima e, é um meio através do qual é estabelecida a

O QUE É E O QUE NÃO É BULLYING: 5 SITUAÇÕES QUE NOS FAZEM ENTENDER NA PRÁTICA

bullying-o-que-e-o-que-nao-e-psicologo-online-videoconsulta

 

Bullying. Basta apenas pronunciar a palavra para pipocarem as opiniões de prontidão, sacadas, engatilhadas e disparadas com mais velocidade e precisão que as balas de Clint Eastwood nos filmes de velho-oeste: “isso é frescura!”, “no meu tempo não tinha nada disso!”, “qualquer briguinha na escola agora virou um problemão!”.

Bom, velocidade talvez tenham, mas a precisão do lendário “Pistoleiro sem nome”

NOVA RESOLUÇAO 11/2018 DO CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA AUTORIZA TERAPIA ONLINE

nova-resolucao-CFP-conselho-feder

 

Se você é psicólogo ou psicóloga já deve ter se interessado pelo tema do Atendimento Psicológico Online. Seja por dúvida, curiosidade ou necessidade ao se mudar, ou acontecer de um paciente se mudar, no meio do processo terapêutico.

Neste artigo quero debater sobre a nova resolução do Conselho Federal de Psicologia sobre a prestação de serviços psicológicos mediados por internet. Tendo em vista minha experiência já de mais de 3 anos como psicólogo

PSICÓLOGA HOSPITALAR FALA SOBRE A SAÚDE MENTAL E EMOCIONAL DE PROFISSIONAIS DA SAÚDE

dicas-para-saude-mental-de-profissionais-da-saude-atendimento-psicologico-online-psicologa-online

Se você é profissional da saúde com certeza já passou por episódios fortes em sua rotina de trabalho que abalaram sua saúde mental. As dificuldades de um profissional da saúde começam pela responsabilidade pela vida do outro e passa pelo ambiente de trabalho imprevisível, a falta de aparelhos, vagas em leitos, elevada carga horária, lidar com a morte e angústias dos pacientes devido a própria doença podem tornar a rotina algo estressante e gerar sobrecarga emocional com o